Olá Visitante

END:CIV Resist or Die

  • 2 Respostas
  • 650 Visualizações
*

Offline Vilas69

  • Administrador com excesso de potência...
  • *********
  • 8565
  • Sexo: Masculino
    • http://www.clubmotardbotapoar.pt.vu
END:CIV Resist or Die
« em: Setembro 20, 2012, 03:39:22 am »
"Se o seu país fosse invadido por extraterrestres com o intuito de abater florestas, envenenar a água e o ar e contaminar os alimentos, você resistiria?"

Muito bom, especialmente nesta fase de "revolta" nacional, por causa das medidas do governo ;) Será que ir pra rua fazer barulho basta?

http://youtu.be/gX47Zt-bak4

*

Offline mish

  • **
  • 229
  • Sexo: Masculino
Re: END:CIV Resist or Die
« Responder #1 em: Setembro 22, 2012, 11:38:41 am »
Fazer barulho nao basta!...

em relaçao aos problemas abordados neste video e aos problemas internos politicos as perguntas no fim do video sao as certas.
qual o limite ? onde é preciso chegar para atingir o ponto de agir efectivamente.
a meu ver o problema é o tempo de vida de cada um,ou seja,tanto o capitalista como o pobre tem um tempo de vida limitado e por esse motivo o ser humano torna-se egoista,irresponsavel,ambicioso no caso do capitalista ,e incapaz de lutar,inculto,previsivel no caso do pobre cumum.

nestes tempos ,enquanto se tiver algo a ganhar ou algo a perder que afecte a capacidade de consumo diario instituido o cidadao comum dificilmente olha mais que um mes á frente.
temos um problema de cultura  e de inteligencia criado porque dá geito,sem pobres nao existem ricos,sem acesso á informaçao nao existe resistencia.
é triste ver ao ponto que a humanidade chegou,e que o caminho de inversao talvez nunca chegue.

*

Offline Vilas69

  • Administrador com excesso de potência...
  • *********
  • 8565
  • Sexo: Masculino
    • http://www.clubmotardbotapoar.pt.vu
Re: END:CIV Resist or Die
« Responder #2 em: Setembro 23, 2012, 04:02:54 pm »
concordo com tudo o que disses-te, sem dúvida que enquanto houver necessidade de "lutar" por bens primários, nunca vamos ter um mundo saudável, pois a escassez é a principal causa de comportamentos "aberrantes"... não sei se já conheces, mas a solução que mais me agrada para a nossa sociedade, seria uma EBR (economia baseada em recursos), criada por Jacque Fresco, onde não se utilizaria o dinheiro, ou qualquer outra moeda de troca para "motivar" o individuo, mas sim o bem comum... http://www.thevenusproject.com/